Grão-Mestre Camisa Roxa
Edvaldo Carneiro e Silva - Áustria
 
Começou na capoeira em: 1954
 
Mestre Camisa Roxa foi considerado o melhor aluno de Mestre Bimba. Grão-Mestre da ABADÁ-CAPOEIRA, título vitalício para o qual foi escolhido por um conselho de Mestres de notório saber. 
Foi o capoeirista que mais divulgou a Capoeira pelo mundo, viajou por mais de 50 países, levando a Capoeira como  manifestação de arte e cultura brasileira.
 
Falar de Camisa Roxa no meio de Capoeira é como falar de uma lenda. O irmão mais velho de Mestre Camisa foi o primeiro capoeirista a enxergar mais longe, a entender que a profissionalização e organização eram fundamentais, a vislumbrar um caminho mais longo e conduzir a Capoeira pelo mundo afora. Hoje em qualquer país que se vá se encontra o jogo da Capoeira, mas há 25 anos atrás quando Camisa Roxa levou pela primeira vez um grupo de capoeiristas para a Europa, estava apostando tudo num projeto em que só eles acreditavam.
 
Foi no ano de 1973 que Edvaldo Carneiro e Silva, Grão Mestre Camisa Roxa, fez sua primeira viagem para a Europa. Nesta época seu irmão José Tadeu, Mestre Camisa, era um rapaz de apenas 17 anos, recém chegado ao Rio de Janeiro que, nem de longe, imaginava a importância que ambos teriam no Brasil e no mundo para a arte da Capoeira.
 
Camisa Roxa nasceu em 1944, na Fazenda Estiva, no interior da Bahia. Era o irmão mais velho de uma família de muitos filhos. Com a morte de seu pai, quando tinha 21 anos, Camisa Roxa se tornou responsável pela criação e educação de seus irmãos mais novos, Mestre Camisa na época tinha oito anos de idade. "Ele foi um segundo pai para nós", declara Camisa. "Sempre foi o ponto de referência para todos, e quando estava no Brasil, fazia questão de reunir toda família" completa o Mestre.
 
Camisa Roxa começou a praticar Capoeira aos 10 anos de idade como divertimento, o que mais tarde foi copiado por todos os outros irmãos. Na década de 60, foi para Salvador fazer o científico e começou a treinar na Academia de Mestre Bimba, onde se formou e foi considerado o melhor aluno pelo Mestre. Seus irmãos Ermival, Pedrinho e Camisa também se formaram na Academia de Bimba.
 
O apelido do Grão Mestre surgiu devido ao fato de que ele sempre freqüentava as rodas de Capoeira da Bahia vestindo uma camisa roxa da qual gostava muito. Gostava também de jogar nas rodas de Capoeira tradicional da academia de Mestre Pastinha e nas rodas dos Mestres Waldemar e Traíra na rua Pero Vaz, onde era muito respeitado por sua postura e o grande conhecimento que possuía dos fundamentos da Capoeira.
 
Retirado do site ABADÁ/DF